Turistas têm rede de atendimento à saúde em Foz

Foz do Iguaçu garante atendimento hospitalar de qualidade aos visitantes da temporada de verdão

O turista em Foz do Iguaçu, em caso de qualquer acidente ou mal estar nesta temporada de verão, tem uma rede de atendimento formada por quatro hospitais, um deles público, Upas (unidades de pronto atendimento) e os serviços do Samu e do Siate. “É uma estrutura de atendimento muito eficaz. Os atrativos, hotéis e agentes do setor já estão orientados a acessar de forma rápida e ágil os serviços e as unidades de saúde para atender o turista em condições plenas”, disse o secretário de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, Paulo Angeli.

Foz espera lotação máxima nos hotéis e recorde de visitação nos atrativos das três fronteiras, o que inclui as compras em Ciudad del Este (Paraguai) e a gastronomia em Puerto Iguazú (Argentina). Somente nos dias 25 e 26, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu 10.671 visitantes. No Marco das Três Fronteiras, foram 4,664 visitantes no feriado de Natal.

Fazem parte da rede de saúde de atendimento ao turistas, os hospitais Padre Germano Lauck, Cataratas, Unimed e Costa Cavalcanti. O hospital municipal atende pelo SUS (Sistema Ùnico de Saúde) e todos os procedimentos são gratuitos.

A cartilha distribuída aos agentes de turismo traz o telefone dos hospitais, se atendimento pode ser feito em outra língua (espanhol e inglês), valor de consultas (de R$ 300 a R$ 350 nos hospitais privados), forma de pagamento (cartões de crédito, débito, etc), se aceitam o seguro internacional de saúde, se atendem em caso de acidentes com animais venenosos ou ainda se têm ambulância para transporte de pacientes.

Identificação
As recomendações orientam que no hospital municipal em “caso de acidente, o visitante será atendido”. “Se for clínico vai ser encaminhado e atendido nas Upas, e caso necessário será transferido para o hospital após avaliação do médico”.

Nos outros hospitais (Costa Cavalcanti, Cataratas e Unimed) “o valor total do atendimento poderá variar de acordo com os recursos utilizados para prestar a assistência, como exames, medicações, procedimentos, seja ambulatorial ou internação”.

Para o turista receber o atendimento, é necessário apresentar passaporte ou documento de identificação com foto do paciente. O Samu (192) deve ser acionado em casos de dor no peito, intoxicação, trabalho de parto, desmaio e convulsão. O Siate (193) deve ser chamado nos acidentes de trânsito, arma de fogo ou faca, traumas, quedas, ataques de animais e afogamentos.

Para atendimentos relacionados à covid-19, deve-se contactar o 0800 645 5655. “Em caso de necessidade de teste, o exame é realizado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck”.

Clique aqui e baixe o guia de atendimento hospitalar em Foz do Iguaçu

(foto Alexandre Soto/Cataratas do Iguaçu)

Rolar para cima
×

Atendimento via WhatsApp

× Como posso te ajudar?
poupup2CMT2022