Foz do Iguaçu-Assunção terá nova conexão aérea na tríplice fronteira

Nova rota será operada pela Aerosul Linhas Aéreas; voos devem ser iniciados em janeiro. O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu terá ainda no mês de janeiro uma nova rota aérea ligando a tríplice fronteira à Assunção, destacou o prefeito Chico Brasileiro, ao apontar que o Destino Iguaçu já conta, desde dezembro do ano passado, com dois voos internacionais para Santiago e Montevidéu, as capitais do Chile e do Uruguai.

“Sem dúvida, é um convite a mais para voltarmos a receber turistas não só destes três, mas de outros países, que poderão planejar roteiros integrados pela América do Sul”, disse o prefeito. A nova rota de Foz do Iguaçu será operada pela Aerosul Linhas Aéreas, empresa paranaense com sede em Arapongas autorizada pela Dirección Nacional de Aeronáutica Civil (DINAC) – a Agência Nacional de Aviação Civil paraguaia.

“O turismo estrangeiro foi muito afetado pela pandemia, mas tem dado sinais de boa recuperação. Para se ter uma ideia, antes da covid, esse turista respondia por quase a metade dos visitantes que foram às Cataratas do Iguaçu. No ano passado, dos 1.434.308 ingressos no Parque Nacional do Iguaçu, quase meio milhão (27% do total) foram de turistas de 148 diferentes países”, destacou Chico Brasileiro.

As companhias aéreas Jetsmart e Azul marcaram o mês de dezembro do ano passado com a volta dos voos internacionais, com duas operações semanais no aeroporto internacional. A Aerosul pretende fazer a ligação com a capital paraguaia com dois voos diários em três dias da semana, a partir da segunda metade de janeiro.

Novo olhar para Foz

Para Chico Brasileiro, este tipo de serviço vai atrair mais visitantes de outros países. Em Foz do Iguaçu, os turistas poderão viver experiências como as relatadas por Wynn Reed e Kanan Keskin (EUA e Turquia), à imprensa da Urbia Cataratas, concessionária do Parque Nacional do Iguaçu.

“É de fato uma maravilha do mundo, um lugar incrível para se visitar. As Cataratas são maiores do que eu podia imaginar. A passarela foi onde fiquei mais animada”, disse Wynn Reed. “A vista é muito impressionante. Fiquei sem palavras. A experiência mais incrível que já tive, ver a natureza tão grandiosa assim de perto, sentir tudo isso. Definitivamente farei isso de novo. Visitar uma única vez é impossível”, completou Kanan Keskin.

49 anos

A volta dos voos internacionais representa um momento importante na história do Aeroporto de Foz do Iguaçu, que completou 49 anos neste sábado. O terminal aeroportuário, inaugurado em 1974, registrou em 2019, ano anterior à pandemia, a maior movimentação de passageiros da história, com mais de dois milhões 2.056 milhões de embarques e desembarques. No ano passado, as projeções indicam mais de 1,2 milhões, aproximadamente 25% a mais que os 951 mil passageiros de 2021.  A concessionária estima investir R$ 512 milhões no aeroporto nos próximos 30 anos.
Foto: Jonathan Campos/AEN.
Fonte: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=51389

Rolar para cima
×

Atendimento via WhatsApp

× Como posso te ajudar?